Entrevista publicada em 9 de fevereiro de 2018 por Eder Fonseca em Negócios
 
 

“A vida é uma eterna gratidão”
Rosana Marques – Fundadora e diretora executiva da marca Ouseuse®

Rosana Marques

A empresária Rosana Marques, hoje reconhecida no meio empresarial do país como uma das principais protagonistas da ‘criação’ do polo de Juruaia, fundou a sua empresa em 1994. Desde então, a Ouseuse® é referência em moda íntima e empreendedorismo. Com cerca de 80 funcionários diretos e 120 indiretos, a Ouseuse® tem como missão produzir peças que aliem qualidade, beleza e conforto. No início, sua produção era apenas de calcinhas e sutiãs. De forma natural, ampliou seu mix de produtos e, hoje, oferece lingerie nas versões básica, fashion e ousada; e as linhas praia, fitness e masculina. A cada coleção, a Ouseuse® procura aliar as tendências mundiais da moda com as tecnologias disponíveis no mercado. Diversidade de produtos é uma preocupação constante da marca, pois a Ouseuse® tem consciência de que os biotipos das brasileiras são diversos e, por isso mesmo, procura atender a todos os gostos, em uma clara demonstração de respeito às preferências e características individuais. A empresária também faz parte do projeto Mulheres do Brasil, um grupo composto por mulheres de vários segmentos de todo o Brasil que se reúnem mensalmente para discutir e propor ações ligadas à educação, empreendedorismo, cota para mulheres e projetos sociais. Fundado em 2013, tem, entre seus membros, Luiza Trajano (Magazine Luiza) e Chieko Aoki (Blue Tree Hotels).

 

Rosana, quais os maiores desafios de ser uma empresária em nosso país?

Passamos por vários estágios enquanto empresária, e de verdade nunca sentimos estar prontas e seguras. Mas quando olho para trás ou me comparo com outra empresa ou empresária vejo que o amadurecimento é grande e quanto estou mais preparada para enfrentar os desafios diários. Mas desde o início sinto que formar mão obra, ter pessoas que entendem e seguem seu ritmo é sempre o mais difícil.

 

Em que momento você vislumbrou a chance de ter a marca Ouseuse® neste mercado?

Como trabalhava com moda, sentia a necessidade de produtos que atendessem a demanda de uma peça para compor um look, para resolver um decote, uma costa à mostra. Enfim, queria colocar no mercado o que não existia. Até não pensava em marca, e sim atender necessidades.

 

Qual a sua análise do mercado de moda íntima no Brasil?

É um mercado promissor. Hoje vejo a moda íntima como um produto que eleva a autoestima, e sendo assim bem mais fácil para sobreviver a crise. Além de ser considerada também um acessório, uma peça para ser mostrada e não simplesmente uma roupa de baixo.

 

Como avalia a atuação da Ouseuse® neste mercado nos dias atuais?

A Ouseuse® está muito bem, crescendo, desenvolvendo e inovando. Fazendo um esforço enorme para ter o melhor produto sendo acessível e bastante competitivo. E pelo modelo de negócio que tem se torna bastante atrativa e procurada no Brasil e até no exterior.

 

Operar numa economia instável e com cargas tributárias altíssimas afeta quanto em uma companhia como a Ouseuse®?

Muitas vezes me sinto impossibilitada de crescer de abrir mais, tamanha são as cargas tributárias. Mas a coragem e a vontade de empreender é grande. Então vamos driblando, usando a criatividade, inovando e permanecendo no mercado até onde for possível. Fácil não é, mas como sou movida a desafios, não me limito nunca.

 

Nos fale um pouco sobre a criação do polo de Juruaia.

O polo de Juruaia, nasceu pela vontade de ter uma opção de economia que até então era somente agrícola. Começamos um negócio e agora fazemos moda, fazemos marca. E isso se deve ao perfil empreendedor principalmente das mulheres que com garra, disposição e muito profissionalismo, fazem com que o polo de Juruaia seja realmente um polo de lingerie, praia e fitness. A cidade encontrou uma vocação e está muito bem.
A audaciosa

Empreendedora: A audaciosa empresária Rosana Marques (Foto: Divulgação/AP)

 

O que não pode faltar a um empreendedor quando está dirigindo uma “engrenagem” como a sua?

Disposição, coragem e claro muita dedicação. Para mim, negócio bom é aquele que você acredita e se dedica. Não existe uma receita pronta para qualquer negócio e sim uma vontade de fazer a diferença na sua vida e na vida das pessoas

 

Quais as mudanças mais significativas no mercado de moda íntima nos últimos 15 anos?

A moda íntima ganhou um espaço muito grande no setor de moda e isso foi e é super positivo. Pois essa conquista abre muitas portas. Com o nosso produto, estamos na vida das pessoas em todos momentos e com isso fazendo ela se sentir mais bela, atraente e realizada. Parece discurso, mas acredite, esse sentimento faz toda diferença. O que mais faço hoje é observar o comportamento das pessoas e de consumo, para ajudar na tomada de decisões.

 

O que é precisamente o projeto “Mulheres do Brasil?”.

Mulheres do Brasil é um grupo de mulheres que se unem com muita vontade para juntas se ajudar e ajudar as pessoas com foco no crescimento saudável do Brasil. É o parar de reclamar, de terceirizar e começar a agir. Ter um bom propósito de vida. É devolver o que conquistou através de boas ações.

 

Qual o seu papel como membro deste projeto?

Estou nesse grupo para trazer para nossa cidade e região, mais união e mais desenvolvimento. Acredito no associativismo na força e na inteligência de um grupo, principalmente de mulheres.

 

Gostaríamos de saber um pouco mais sobre um projeto interessante da Ouseuse® intitulado “Amigas do Peito”.

O Projeto “Amigas do Peito” nasceu com a intenção de aproximar e ajudar as mulheres que passaram pela mastectomia, ou seja, elevar autoestima e estar perto dessas mulheres em um momento tão delicado da vida delas. Hoje já com 10 anos, vejo o quanto ela tem cumprido seu papel. Doamos sutiãs por todo o Brasil e até na Europa, motivando e fazendo entender que é uma fase e também reforçando sempre a outras mulheres a importância da prevenção. Esse projeto social é uma maneira de devolver a sociedade o que conquistamos. A vida é uma eterna gratidão.

Um vídeo da empresária Rosana Marques

Patrocinado por
Sapato Site




Imprimir

Eder Fonseca

 
Diretor executivo e editor do Panorama Mercantil.