Design
 
Elifas Andreato
Elifas Andreato
Elifas Andreato
 

“As gravadoras foram sempre um empecilho”
Elifas Andreato – Designer gráfico e jornalista

 
13/05/2011
 



Nascido em Rolândia no estado do Paraná, com mais de quarenta anos de atividade como artista plástico, Elifas Andreato é especialmente reconhecido como ilustrador de inúmeras capas de discos de vinil nos anos 70, incluindo grandes nomes da Música Popular Brasileira como Chico Buarque de Holanda, Elis Regina, Adoniran Barbosa, Paulinho da Viola e Martinho da Vila só para citar alguns. O traço poético com profundo sentido social, definiu os trabalhos de Elifas como um ícone de uma geração que protestava, por meio da arte, contra a Ditadura Militar vigente. Da geração do vinil, Elifas foi o maior capista, chegando a produzir 362 capas de discos, com destaque para a Ópera do Malandro (Chico Buarque), A Rosa do Povo (Martinho da Vila), O Sorriso Ao Pé da Escada (Jessé) e A Arca de Noé, obra de Vinicius de Moraes. "Eu vejo a música brasileira tendo as coisas boas e as coisas ruins, mas isso foi assim em todos os momentos, e continuará assim. A música brasileira que a gente chama de qualidade, continua existindo e sendo feita, além de termos grandes intérpretes preocupados na recuperação dessa música, e claro, além das coisas novas que estão surgindo. Agora tem muita porcaria, e isso depende do interesse da grande mídia. (...) Eu vou começar pela grande mídia. A grande mídia acabou refém da audiência, e a audiência está nivelando as coisas meio que por baixo", afirma o designer gráfico.