Entrevista publicada em 13/12/2017 por Eder Fonseca em Negócios
 
 

“Difícil é se manter na liderança”
Artur Hipólito – Sócio-diretor do Grupo ZAIOM

Artur Hipólito

Artur Hipólito é um empresário do mundo do franchising. Com a experiência de ter liderado como CEO durante 10 anos o maior grupo educacional de cursos livres do Brasil, o Grupo Multi, se desenvolveu juntamente com seus sócios e hoje é sócio-diretor do Grupo ZAIOM – líder nacional do segmento de microfranquias com mais de 400 franqueados em todo Brasil. Como um apaixonado pela área comercial suas estratégias foram decisivas para que as franquias que desenvolveu pudessem hoje estar entre as líderes de mercado em suas áreas de atuação. Sua paixão pela educação o levou a compartilhar suas experiências no mercado corporativo através de palestras que faz em todo o país. Para Artur Hipólito, vender é atender as necessidades e desejos dos clientes e proporcionar momentos mágicos e de encantamento que façam valer à pena. É com esse objetivo que conduz sua empresa e suas apresentações de forma que os objetivos sejam realmente alcançados na luta diária pela conquista e manutenção de clientes. “O sucesso é a soma de diversas habilidades que nem sempre podemos assimilar todas em nossa existência. Acredito que não teríamos alcançado o sucesso sem nossos colaboradores e sem nossos franqueados, pois sucesso é a sinergia de todo um grupo de pessoas focados no mesmo objetivo”, afirma o empresário.

 

Artur, como foi o seu começo no mundo dos negócios?

Após uma longa carreira como executivo de uma das principais redes de franquias do Brasil, percebi que era o meu momento de ser empreendedor de meus próprios sonhos, razão pela qual iniciei um grande trabalho de pesquisa visando identificar oportunidades que inexistiam no Brasil. Daí nasceu a Tutores, nossa primeira franquia, baseada em dificuldades que eu e minha esposa tínhamos à época com filhos com dificuldades de aprendizagem e sem encontrar no mercado brasileiro quem pudesse entender nossas necessidades e desejos. Da Tutores nasceram as demais redes de franquias.

 

Durante 10 anos você foi CEO do Grupo Multi. O que essa experiência lhe trouxe de acréscimo para a sua atividade atual?

Trouxe para minha vida e para nossas redes de franquias a experiência de ter vivido durante 10 anos na minha vida administrando a expansão de uma grande rede de franquias. Isto foi essencial para que pudéssemos traçar as estratégias e implantar nosso plano de expansão, o que culminou com nosso pioneirismo na operação de microfranquias no Brasil.

 

Em que momento você acreditou que seria possível dar início a um novo negócio?

Quando de nossas pesquisas para abertura da Tutores percebemos que haviam muitos negócios estabelecidos fora do país que significavam nichos importantes e que não operavam no Brasil. Destas percepções nasceram as demais franquias do Grupo.

 

Quais foram os maiores obstáculos para conseguir estabelecer o Grupo ZAIOM?

Convivemos com pré-conceitos pois estabelecemos novos parâmetros para o franchising brasileiro e conseguimos provar que investimento alto não significa rentabilidade alta e que também investimento baixo não significa rentabilidade baixa. Era preciso quebrar um paradigma de que o franchising era coisa para ricos.

 

O seu grupo é o líder nacional no segmento de microfranquias no Brasil. Foi mais difícil chegar nesta liderança ou é mais difícil continuar mantendo essa liderança?

Mais difícil sempre é se manter na liderança, pois hoje existem mais de 400 redes operando microfranquias no Brasil. Assim, precisamos nos reinventar constantemente e adequarmos nosso modelo de negócios aos novos tempos visando atender as necessidades dos microempreendedores.

 

Quais direcionamentos fundamentais são necessários para que um franquiado tenha sucesso em seu empreendimento?

O primeiro fundamento e mais importante é a pessoa não buscar um negócio pelo dinheiro, mas sim pela sua identificação com a área, pois nossos negócios são para quem está trocando o mundo do emprego pelo mundo do trabalho e assim, se você não se identificar com suas novas atividades não vai encontrar o sucesso.
O Empresário

Número 1: O arrojado e talentoso empresário Artur Hipólito (Foto: Arquivo Pessoal)

 

O que foi mais empolgante e desafiador na criação da primeira TV corporativa de franchising brasileiro via satélite da StarOne?

Naquela época inexistiam TVs corporativas no Brasil e tivemos que encontrar novos parâmetros para mostrar aos investidores que havia possibilidades de baixo custo para se oferecer aos franqueados uma nova opção de treinamento e entretenimento via satélite. Este foi o maior desafio que vencemos e conseguimos êxito em nossa implantação.

 

Você implantou franquias no Japão e nos EUA. O que foi mais chocante e diferente na cultura de negócios destes dois países desenvolvidos se compararmos com o Brasil?

Não se trata de só entender as culturas, mas sim de ter pessoas que vão levar seu negócio à frente e que vivam e entendam a cultura local. A expansão internacional foi baseada em brasileiros expatriados que viviam e compreendiam a cultura local.

 

O Fundo de Investimento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (Fomin/BID), lhe fez um convite para levar seu modelo de gestão para países em desenvolvimento, como a Índia e nossos vizinhos da América Latina. O que mais destacaria em seu modelo de gestão?

Estivemos na Costa Rica a pedido do BID numa palestra, mas os objetivos era mostrar como as microfranquias operavam no Brasil. Em países em desenvolvimento as legislações são diferentes da brasileira e nosso modelo jurídico não se adapta as questões sociais enfrentadas por aqueles países, razão pela qual praticamos um modelo de microfranquia singular em nosso país.

 

Como a inovação é tratada pelo Grupo ZAIOM?

Inovar significa viver. Para tanto procuramos capacitar nossa equipe, buscando os melhores profissionais do mercado para que possam colaborar com suas visões de forma a enriquecer nosso trabalho diário.

 

Acredita que teria alcançado sucesso, se não dominasse áreas fundamentais como Marketing e Vendas, além de assuntos relacionados ao departamento Jurídico?

O sucesso é a soma de diversas habilidades que nem sempre podemos assimilar todas em nossa existência. Acredito que não teríamos alcançado o sucesso sem nossos colaboradores e sem nossos franqueados, pois sucesso é a sinergia de todo um grupo de pessoas focados no mesmo objetivo. Ninguém consegue nada sozinho.

Um vídeo do empresário Artur Hipólito

Patrocinado por:
Sapato Site




Imprimir

Eder Fonseca

 
Diretor executivo e editor do Panorama Mercantil.