Entrevista publicada em 05/11/2016 por Eder Fonseca em Negócios
 
 

“Importante é achar o seu diferencial”
Fernanda Menezes – Sócia e diretora comercial do Grupo Ópera

Fernanda Menezes

Formado pelo casal de empresários Fernanda Menezes e Frederico De Cunto, o Grupo Ópera se estabeleceu como uma das maiores plataformas de lançamentos de tendências para o mercado infantil brasileiro. Com dois eventos anuais focados no atacado – o Ópera- , projeta marcas e integra compradores e lojistas em busca de produtos selecionados para espaços multifuncionais. No line up do evento de atacado estão as marcas nacionais mais expressivas, além das internacionais com maior destaque em território nacional. O Ópera permite aos visitantes conhecerem marcas de grande representatividade dos segmentos de decoração, enxoval, moda bebê, kids e teen, calçados, acessórios, puericultura leve e pesada, beachwear e underwear. “O mix de produtos é pensado de forma que o lojista encontre tudo o que precisa desde o nascimento do bebê; e a missão da Feira Ópera é trazer sempre novas marcas e inovações do setor”, cita Fernanda Menezes, diretora comercial. Em junho passado, foi realizada a 23ª edição no Centro de Eventos Pro Magno, zona norte de São Paulo. Com mais de 100 marcas nacionais e internacionais, a feira se consolida como um dos maiores eventos do setor, reunindo expositores e lojistas de todo país, com foco no público A e B. “Acredito que nosso diferencial seja trabalhar com os melhores fornecedores dentro de cada segmento. Inclusive temos um limite para cada setor”, afirma a empresária.

 

Fernanda, fale um pouco de sua carreira para quem ainda não lhe conhece.

Filha de industrial, cresci em uma fábrica de sapatos. Acompanhando minha mãe que desenvolvia a coleção e depois a vendia para as lojas multimarcas.

A fábrica precisava vender e então minha mãe, Denise Cardoso, depois de uma crise política e sem investimento para participar de grandes feiras do setor que costumava expor, reuniu cerca de 6 marcas (cada marca representando um segmento). A reunião de fabricantes do segmento infantil para que pudessem compartilhar compradores/lojistas era em um hotel em São Paulo, chamado Ópera. E assim começou a feira Ópera! Que 3 anos depois já contava com 50 marcas!

Paralelo aos estudos, eu sempre estava presente auxiliando minha mãe na organização deste grande encontro que é a Feira Ópera! E inclusive recebia uma caixinha pelo serviço prestado. Me formei em Direito e advoguei por 1 ano. Para exercer a função de advogada, tive que “me afastar” do mercado infantil, momento em que minha mãe, não estava conseguindo administrar a indústria e a responsabilidade de organizar a feira Ópera, que ganhava corpo e crescia substancialmente a cada semestre!

 

Em que momento a ideia do Grupo Ópera se transformou em negócio?

Com 23 anos, decidi então largar o escritório de advocacia e assumi o Grupo Ópera junto com meu marido Frederico De Cunto, que administrava empresas. E que foi fundamental para alavancar e profissionalizar o negócio. E hoje organizamos este grande encontro de marcas que é mais que uma plataforma de lançamento do segmento infantil. Na feira Ópera conectamos quem cria e produz com quem vende, um verdadeiro laboratório, uma troca de experiências únicas.

 

Na Feira Ópera, o lojista encontra tudo o que precisa desde o nascimento do bebê como você bem disse. Acredita que este é o maior diferencial do seu negócio?

Acredito que nosso diferencial seja trabalhar com os melhores fornecedores dentro de cada segmento. Inclusive temos um limite para cada setor. Isso faz com que possamos atender o lojista com um mix completo para sua loja e também trabalhar bem nosso expositor que esta lá representando o melhor do segmento infantil.

 

Como ser uma empresa valorizada, diferenciada e inovadora no mercado em que vocês atuam?

Buscar melhorias a cada edição, aprender com os erros cometidos, acompanhar e nos adequar as constantes mutações do mercado; ter os melhores profissionais representando bem cada braço do segmento infantil e uma equipe com ideal, que ame o que faz.

 

O foco da feira é no público A e B. Qual a informação foi determinante para se chegar a este público de grande poder aquisitivo?

A ordem foi inversa. Nos preocupamos em reunir marcas com qualidade, marcas que buscassem algo novo, que apresentassem um produto diferenciado e isso nos levou aos melhores pontos de vendas do Brasil!

 

Entregar mais do que as marcas expositoras esperam, é a grande chave para uma empresa que realiza feiras desse porte?

Sim, sempre! Até 2015 as marcas encerravam as vendas na feira. Hoje criamos a feira online, para extensão deste período de vendas.

Grupo Ópera

Competência: Fernanda Menezes e equipe do Grupo Ópera (Foto: Arquivo /AP)

 

Algumas pessoas afirmam que trabalhar com crianças é muito difícil. O que faz você achar o contrário?

Nós trabalhamos para o mercado infantil, porém nosso relacionamento é com o adulto. Acredito que tivemos a oportunidade de pegar o melhor dos dois mundos, digamos que, a magia das crianças junto ao poder de decisão do adulto.

 

O segmento em que você atua, está sendo impactado de alguma forma, pelo momento econômico que o país vive?

Sim, claro. Observamos algumas marcas fechando as portas, outras abrindo e muitas lutando. O importante é achar o seu diferencial e seguir! As crianças crescem e a cada estação nossas empresas têm a oportunidade de vender. Nessa hora há uma escolha a ser feita e a marca tem que lutar para estar entre elas. Como diz o Frederico, permanecer na zona de conforto é sem dúvida mais fácil mas é fora dela que as melhores oportunidades acontecem!

 

Quanto o entendimento do mercado é crucial, para se obter êxito neste setor?

Acreditamos que todas as áreas estão conectadas. Nós representamos a moda mas trabalhamos para o setor infantil de uma forma geral! E este setor está de mãos dadas para este momento do mercado! São diversos segmentos com grande representatividade compartilhando experiências. Fui nomeada embaixadora da revista Pais&Filhos (este grupo seria um grande exemplo do que citei).

 

Para finalizar, qual a importância de Frederico De Cunto para o sucesso da sua vida profissional e pessoal?

Que pergunta difícil! Fred é meu marido e meu sócio. Pessoal e profissional? Toda importância! Ele veio me completar em todos os sentidos! Na minha vida pessoal formamos uma família, meu maior tesouro, e vivemos uma rotina muito divertida com as crianças e buscamos alguns momentos nossos também! Gabriela tem 4 anos e Felipe 1, então ainda estamos naquela fase do “dormir é luxo”. Ele é um paizão é super presente em nossas vidas e em nossas rotinas! Resumindo, casaria novamente [Risos]. Profissionalmente acredito que ele foi fundamental para o crescimento da empresa. Sua administração nos proporciona a segurança que toda empresa precisa para ser saudável. Fred também cuida de toda a parte estrutural da feira. É obstinado, e também muito calculista. Ter ele como sócio é um grande privilégio. Temos uma grande parceria nos negócios e em casa. Nos completamos no real sentido da palavra. Aprendo com ele todos os dias a ter “outro olhar”.

Um vídeo da renomada Feira Ópera

Patrocinado por:
Sapato Site




Imprimir

Eder Fonseca

 
Diretor executivo e editor do Panorama Mercantil.