Ativismo
 
Carlos Latuff
Carlos Latuff
Carlos Latuff
 

“A polícia é brutal e corrupta”
Carlos Latuff – Cartunista e ativista político

 
05/06/2013
 



Apesar de ter iniciado sua carreira como ilustrador numa pequena agência de propaganda no centro do Rio de Janeiro, em 1989, o ativista político Carlos Latuff tornou-se cartunista publicando sua primeira charge num boletim do Sindicato dos Estivadores, em 1990, e permanece trabalhando para a imprensa sindical até os dias de hoje. Com o advento da Internet, Latuff deu início ao seu ativismo artístico o qual ele chama de “artivismo”, produzindo desenhos copyleft para o Movimento Zapatista. Após uma viagem aos territórios ocupados da Cisjordânia, em 1998, tornou-se um simpatizante da causa Palestina, destinando boa parte de seu trabalho a esse tema. Seu desenhos sobre os acontecimentos da Primavera Árabe, se tornaram inclusive notícia em grandes meios de comunicação. "Parece que com o fim da Ditadura Civil-Militar no Brasil em 1985, os cartunistas e chargistas adotaram um tom mais ameno, especialmente se tomarmos como exemplo, aqueles que participaram do jornal "O Pasquim". Alegam que com a democracia já não é mais necessário o discurso que faziam contra o autoritarismo, como se esse tivesse acabado de fato com a redemocratização", afirma o cartunista.