Artes
 
Antonio Veronese
Antonio Veronese
Antonio Veronese
 

“Pintar é minha maneira de espernear”
Antonio Veronese – Artista plástico e pintor

 
29/05/2013
 



Nascido em Brotas no interior de São Paulo, o pintor e artista plástico Antonio Veronese é um artífice de renome internacional. Suas obras estão expostas em numerosos museus, coleções públicas e privadas no Brasil e no exterior. Pela denúncia da violência contra menores no Rio de Janeiro, Veronese foi convidado-palestrante na Comissão de Direitos Humanos da ONU (Organização das Nações Unidas) em Genebra, e recebeu, da Suprema Corte brasileira, a menção Honoris Causa Risoleta Córdula (Assustos Culturais) da Embaixada do Brasil em Paris. Antes de deixar o Rio (que adotara por anos), deu aulas de arte para menores infratores no Instituto João Luiz Alves, na Ilha do Governador. Em 1998, chegou a cobrar da então primeira-dama, Ruth Cardoso, medidas para tirar das ruas crianças abandonadas. Desde 2004, o artista vive na comuna francesa de Barbizon na França. Veronese também é conhecido por ser um duro crítico das elites brasileiras, não raro chamando essa camada da sociedade de "elitezinha". "A arte não é espontânea na natureza, é fruto da intervenção do homem, portanto ela é sempre social. Quando dedicada à denúncia das desumanidades ou à proposição das utopias, a arte, que chamamos de “engajada”, tem força para propor a reflexão e mesmo provocar mudanças institucionais profundas", afirma o pintor de reconhecimento internacional.