Ativismo
 
Cida Bento
Cida Bento
Cida Bento
 

“O racismo é forte no Brasil”
Cida Bento – Doutora em Psicologia Social e cofundadora do CEERT

 
21/01/2015
 



A paulistana Maria Aparecida Silva Bento ou Cida Bento como é conhecida, é Coordenadora Executiva do CEERT (Centro de Estudos de Relações de Trabalho e Desigualdades); Doutora em Psicologia pelo Instituto de Psicologia da USP; Coordenadora Geral das 07 edições do “Prêmio Educar para a Igualdade Racial e de Gênero”; Coordenadora do Projeto “Conteúdos, Materiais, Ensino à Distância e Formação de Rede em prol da Diversidade na Educação Infantil” com a UFSCar/MEC; Membro da Comissão de Direitos Humanos do Conselho Federal de Psicologia; Fellow da Ashoka; Consultora no Projeto “Valorização da Diversidade” da FEBRABAN; Eleita Líder Social no “Fórum de Líderes Sociais e Empresariais” da Gazeta Mercantil (2002); Líder Avina; Reconhecimento pela Medalha Anchieta e do Diploma de Gratidão da Cidade de São Paulo, além de Cidadã da Cidade de Atlanta (EUA - 1991). "Provavelmente esta alteração da LDB pela lei 10.639/03, tem sido uma das principais possibilidades de atuação do movimento negro, no campo das políticas de promoção da igualdade racial e de combate ao racismo. Como sabemos, é na educação onde o movimento negro tem um ativismo mais forte, mais produção e conquistas mais relevantes. (...) Percebemos em processos de formação de professores e nas experiências do Prêmio “Educar para a Igualdade Racial”, o grande impacto que tinha sobre a formação da personalidade e identidade das crianças."