Música
 
Angelica de la Riva
Angelica de la Riva
Angelica de la Riva
 

“Sou uma artista servindo a sociedade”
Angelica de la Riva – Cantora lírica/soprano

 
15/01/2014
 



A soprano Angelica de la Riva tem conquistado seu mercado nos EUA, na China e na Europa, e já é comparada a lenda Maria Callas. Seu recente début na China foi sob a batuta do maestro Bartholomeus-Henri Van de Velde. Nos EUA, conquistou o Carneggie Hall em 2010, voltando para mais cinco apresentações desde então. Atuou no papel principal da ópera Horas Vacias, no Lincoln Center, gravando um CD que apresenta em turnê por Nova Yorque, França, Suíça e Áustria. Foi a primeira soprano brasileira a cantar no Avery Fisher Hall. Angelica também se apresentou como solista no Strathmore em Washington; no Jay Pritzker Pavillion no Millenium Park em Chicago, e no Teatro Adolfo Mejia em Cartagena (Colômbia). Como convidada, cantou nos Festivais da Opera de Chiari, em Milão; no do Westminster Choir College, em Princeton; Moment Musicaux em Normandie (França) e no Festival de Granada (Espanha) com Teresa Berganza entre outros. "Cada um tem seu momento individual e tempo de percepção da sua responsabilidade, ou seja, timing diferente em que “cai a ficha”. Acredito que todo ser humano tem uma responsabilidade social e deve fazer o máximo possível para atuar sobre ela constantemente. (...) Acredito que o mais importante na popularização da música clássica, da Ópera, é jamais baixar o nível intelectual ou a qualidade das produções e sim facilitar o acesso a elas", afirma a soprano.