Oferecido por:
 
 
Pensamento
 
Júlio Emílio Braz
Júlio Emílio Braz
Júlio Emílio Braz
 

“Tenho o melhor ofício do mundo”
Júlio Emílio Braz – Escritor, roteirista e ilustrador

 
13/06/2017
 



Júlio Emílio Braz é ilustrador, roteirista e escritor de literatura infantojuvenil. Autodidata, sua carreira literária começou quando ficou desempregado. Ele escreveu desde roteiro para histórias em quadrinhos (publicadas no Brasil, Portugal, Bélgica, França, Cuba e EUA) até livros de bolso de faroeste, com diversos pseudônimos. Após receber elogios, começou a se destacar, tendo novas oportunidades para publicar seus contos em algumas editoras. Escreveu contos de faroeste com 39 pseudônimos diferentes. Depois de começar a escrever livros ficou conhecido mundialmente e ganhou prêmios como o Austrian Children Book's Awards e o Blue Cobra Award do Swiss Institute for Children's Books. Desde então, Júlio passou a escrever comédias, suspense e ação. Um de seus livros de maior sucesso é "Esperando os Cabeças Amarelas". É autor de obras inesquecíveis, entre eles "Saguairu", que obteve o Prêmio Jabuti em 1989. Destacam-se ainda os livros "Uma Pequena História de Natal", "Anjos no Aquário", "Crianças na Escuridão", "Felicidade Não Tem Cor" e "Corrupto". Escreveu em parceria com a escritora Léia Cassol a obra "Uma História Apaixonada & A Gota: uma biografia bem apressada”. Hoje tem por volta de 169 livros publicados, todos destinados a crianças e adolescentes. A obra "Crianças na Escuridão" já foi traduzida para o alemão e para o espanhol.