Negócios
 
Cristiano Caldas
Cristiano Caldas
Cristiano Caldas

O isolamento social para combater a pandemia de coronavírus fez muitas pessoas optarem por serviços disponibilizados por telefone e pela internet para evitar ir à rua. Uma startup traz como solução para esse público um serviço até então inédito no Brasil, um marketplace de vacinas em domicílio usado através do aplicativo Vacine.me. Desenvolvido no Brasil, a inspiração foi um aplicativo de serviços de delivery de comidas. A proposta do Vacine.me é justamente oferecer aos usuários uma ferramenta que disponibilize todos os tipos, marcas e preços de vacinas, para que seus usuários possam comparar e agendar a aplicação com a clínica que melhor atender seus critérios de decisão, seja ele preço ou marca (os mais comuns), com total segurança e sem taxas no conforto de casa. De acordo com o Ministério da Saúde, em meio à pandemia de Covid-19, a procura por serviços de saúde diminuiu devido ao medo da população de contrair o coronavírus. Nesse contexto, manter o calendário de vacinas em dia tornou-se um desafio que vem sendo enfrentado com campanhas de conscientização sobre o tema. Pela primeira vez em quase 20 anos, o Brasil não atingiu a meta para nenhuma das principais vacinas indicadas a crianças de até um ano completo. “A ferramenta nasceu na hora certa porque devido ao isolamento social causado pela pandemia existe hoje uma grande demanda reprimida que poderá ser suprida pela rede de clínicas particulares presentes no aplicativo, que já conta com mais de 40 clínicas de vacinação”, diz Cristiano Caldas, sócio e diretor comercial da empresa. ...