Entrevista publicada em 13/10/2020 por Eder Fonseca em Negócios
 
 

“A procura por carros está acelerada”
Luca Cafici – Cofundador e CEO da InstaCarro

Luca Cafici

A flexibilização do comércio em grande parte do país já impacta positivamente a negociação de veículos seminovos. Praticamente dois terços dos lojistas já recuperaram o patamar de vendas em relação à média anterior à pandemia do Covid-19, segundo levantamento da InstaCarro, plataforma que realiza a intermediação na venda de veículos. “Como muitos estados e municípios começaram a adotar planos de flexibilização do comércio antes de julho, os lojistas puderam aproveitar para retomar os números positivos nas vendas, além de continuarem com seus canais digitais tanto para compra de estoque quanto para venda”, explica Luca Cafici, CEO da InstaCarro. Criada no fim de 2015 e baseada em São Paulo (SP), a startup atraiu um exigente grupo de investidores para apoiar seu projeto inovador no Brasil, recebendo um dos maiores aportes de capital para uma empresa de internet nesse estágio até hoje no país. Faça uma avaliação profissional e oferte seu carro para mais de 1,500 lojas e concessionárias do Brasil sem sair de casa – o vendedor recebe múltiplas ofertas, escuta a maior e, se aceitar, é pago no mesmo momento. Além disso, não é preciso se preocupar com laudo de transferência, já que a InstaCarro cuida do processo. A InstaCarro vem aumentando em progressão geométrica os volumes de negócios. No ano passado a plataforma intermediou a venda de 10 mil veículos e em 2020 a expectativa é dobrar o número.

 

Luca, o que lhe move como empreendedor?

O que me move como empreendedor é a possibilidade de gerar impacto no mundo e construir algo que eventualmente deixará um legado.

 

Foi esse mover que fez a ideia da InstaCarro se tornar real?

Sim. Ao ver que o mercado de compra e venda de veículos não tinha mudado nos últimos 50 anos, percebi que existia uma grande oportunidade de gerar impacto numa indústria que é gigantesca e está presente no dia a dia das pessoas.

 

Quais os grandes pilares da startup?

Os grandes pilares de uma startup sempre precisam ser: 1.muita resiliência, 2.inconformismo, 3.muito trabalho em equipe. O ponto um é super importante, pois, você vai fracassar mais de uma vez e precisa aprender a lidar com isso para sobreviver. Se você não tem o ponto dois nunca vai gerar algo que tenha impacto. O terceiro é super importante, pois, você nunca vai construir algo grande sem um grande time por trás.

 

Quais os riscos envolvidos na operação de um negócio nesse mercado?

Os empreendedores precisam ser pessoas muito avessas ao risco, pois, existem muitos riscos ao montar o próprio negócio. Especialmente na América Latina onde a Legislação não incentiva o empreendedor.

 

Os impactos econômicos dessa crise respingaram na InstaCarro?

Por “sorte” a crise não terminou tendo um impacto relevante para nosso negócio. O mês de abril com certeza foi muito difícil, pois, tudo parou, mas depois recuperou muito rápido. Hoje podemos afirmar que nosso negócio foi beneficiado, pois, as pessoas estão procurando um carro próprio e estão mais dispostas a negociar de forma online.

 

Como estava a intermediação de vendas antes da crise?

Antes da crise a indústria de seminovos estava crescendo, mas a mudança de tendência em favor de ter um carro próprio acelerou o setor.

InstaCarro

Automóveis: A startup InstaCarro traz inovação para o setor (Foto: Divulgação/AP)

 

Os lojistas estão mais animados no momento?

Os lojistas estão animados, pois, estão tendo muita procura nas lojas deles, por outra parte está tendo muita dificuldade em encontrar carros e isso está levando os preços para acima. Esse impacto é derivado pela falta de oferta de carros das locadoras.

 

Esses lojistas têm sido ajudados pelos planos de flexibilização em alguns estados e municípios?

Com toda certeza!

 

Como se encontra a revenda de veículos usados?

A procura por carros está acelerada, mas ainda não atingimos o mesmo volume de transações do ano passado. Isso é causado pelo aumento de preços e falta de carros seminovos que existem neste momento no mercado. Qualquer pessoa que queira vender seu carro agora provavelmente fará um bom negócio.

 

A InstaCarro tem 3 mil lojistas em sua base. Qual a porcentagem que ainda acredita no ano de 2020 para as suas revendas?

Mais de 70% de nossa base de lojistas fala que as vendas estão mais altas que no pré-Covid ou acreditam que voltarão ainda este ano.

 

Como você vislumbra o mundo pós-Covid para negócios como o seu?

De forma muito positiva, pois, essa pandemia está trazendo uma maior abertura das pessoas para fazer mais atividades de forma online e em especial a troca do seu veículo.

Um vídeo do empreendedor Luca Cafici

Patrocinado por:
Sapato Site




Imprimir

Eder Fonseca

 
Diretor executivo do Panorama Mercantil.