Artes
 
Sérgio Helle
Sérgio Helle
Sérgio Helle

Sérgio Helle nasceu na cidade do Crato, interior do Ceará, onde viveu até os 10 anos de idade. Hoje vive e trabalha em Fortaleza, capital do estado. Expôs pela primeira vez aos 16 anos, no Salão dos Novos (antiga mostra realizada pela prefeitura de Fortaleza). Aos 18 anos foi trabalhar como "arte-finalista" em uma agência de publicidade, "em uma época em que tudo era feito à mão", como disse. Ainda hoje trabalha como freelancer na área. O artista é conhecido nacionalmente por mesclar as mais novas ferramentas digitais com as técnicas tradicionais de desenho e pintura. Foi um dos primeiros artistas brasileiros a usar o computador como ferramenta artística, realizando em 1995 sua primeira exposição em que participou com "infogravuras" (gravuras com base digital). Passou a assinar como Sérgio Helle por sugestão do jornalista Augusto César, antes assinava como Sérgio L. (daí Sérgio Helle), pois, havia outro artista Sérgio Lima em Fortaleza. Roberto Galvão, historiador de arte, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA), o definiu assim: “Sérgio Helle não é apenas um usuário da tecnologia disponível no seu tempo. É bem mais. Ele mergulha na tecnologia e a expande, alargando a possibilidade do seu uso artístico. Sua obra, efetivamente, contém tudo que poderia ser sintoma da pós-modernidade, porque além de ser um artista pós-moderno ele participa da construção do seu tempo”.