Pensamento
 
Rolf Kuntz
Rolf Kuntz
Rolf Kuntz
 

“A hibernação poderá converter-se em coma”
Rolf Kuntz – Escritor, jornalista e professor

 
30/01/2019
 



Rolf Kuntz é livre docente em Filosofia Política na Universidade de São Paulo (USP) e colunista do jornal “O Estado de S. Paulo”. É autor dos livros "François Quesnay: economia" (Atica, 1984), da coleção Grandes Cientistas Sociais, "Qual o futuro dos direitos? Estado, mercado e justiça na reestruturação capitalista" (Max Limonad, 2002) e "Capitalismo e Natureza - ensaio sobre os fundadores da economia política" (Brasiliense, 1982). Kuntz é mestre e doutor em Filosofia pela USP. Tem interesse especial pela obra de David Hume, Jean-Jacques Rousseau, John Locke e Adam Smith. “Há o reconhecimento do problema e a promessa de enfrentá-lo, mas nenhum sinal claro de como isso será feito. Não se conhece um plano organizado de ataque à questão fiscal, seja na administração orçamentária, seja na formulação e apresentação de reformas. Políticos e analistas comentam as dificuldades políticas e o desafio das negociações com partidos, mas pouco se tem falado, dentro e fora da equipe de Governo, sobre o desenho da reforma da Previdência. Quanto a vender estatais ou usar reservas em moeda estrangeira para reduzir a dívida pública, parece-me um equívoco. Só tem sentido liquidar patrimônio para diminuir o endividamento quando há um plano claro e bem orientado de ajuste, como se tem feito na Petrobras e em algumas grandes empresas privadas”, avalia o escritor e jornalista.