Política
 
Bia Kicis
Bia Kicis
Bia Kicis
 

“Gravações são permitidas no mundo todo”
Bia Kicis – Deputada Federal do PSL/DF

 
18/04/2019
 



Beatriz Kicis Torrents de Sordi (mais conhecida como Bia Kicis) é uma advogada, ex-procuradora do Distrito Federal e presidente do Instituto Resgata Brasil, que tem como meta lutar por uma sociedade livre, solidária e desenvolvida com base em valores cristãos. É filiada ao PSL (Partido Social Liberal). Declaradamente de direita, é ativista na pauta do voto impresso e contrária as urnas eletrônicas. Foi eleita deputada Federal pelo Distrito Federal nas eleições de 2018 sendo a terceira mais votada no pleito. Atualmente a deputada está colhendo assinaturas para revogar a Emenda Constitucional número 88, de 7 de maio de 2015, mais conhecida como PEC da Bengala, que aumentou de 70 para 75 anos a idade para aposentadoria compulsória dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). A PEC foi aprovada para impedir a aposentadoria de cinco ministros, que teriam a vaga preenchida por indicados da então presidente Dilma Rousseff. Agora, Kicis, quer que o limite de idade volte aos 70 anos, o que abriria quatro vagas, em vez de duas, até o fim do mandato do presidente Jair Bolsonaro. “O Supremo está fazendo escolhas ideológicas, contra o desejo da sociedade”, diz. Caso seja aprovado, o projeto da deputada forçaria quatro ministros a se aposentarem. Seriam eles: Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello. “O maior risco para a democracia é o ativismo do STF”, afirma a deputada.