Música
 
Ana Cañas
Ana Cañas
Ana Cañas

Nascida em 14 de setembro de 1980, a jovem e talentosa paulistana Ana Cañas, é um dos principais nomes da nova geração de cantores do nosso país. Anos atrás, estudante de Artes Dramáticas da USP, ela foi fazer um teste para uma peça de teatro. O espetáculo trazia na trilha sonora uma canção do repertório da cantora americana Ella Fitzgerald. Ana se apaixonou pela canção e pôs na cabeça que seria cantora. Estreou em 2007 no cenário musical com o álbum "Amor e Caos", cuja canção "Coração Vagabundo", de Caetano Veloso, integrou a trilha sonora da novela Beleza Pura, da Rede Globo. Fez sucesso na internet com hits como "Super Mulher", "Devolve, Moço" e "Cadê Você?", e, a partir de 2008, participou de algumas edições do programa Som Brasil, exibido pela mesma Rede Globo. Em 2009 lançou "Hein?", que contêm o hit "Esconderijo", da trilha sonora de Viver a Vida, e em 2012 o disco "Volta". O seu mais recente trabalho é o CD e DVD "Coração Inevitável", que teve a direção do showman Ney Matogrosso. "É a vontade de correr riscos e uma certa propensão a isso. O delírio fatal da entrega absoluta, o corte que sangra, a ferida exposta. Não sei. É tudo muito subjetivo e prático quase, um paradoxo extremo onde apenas a loucura pode equacionar os desejos e possíveis coragens. (...) Acho que faz parte de sua idiossincrasia o papel do questionamento, reflexão, comunhão e os subjetivos resultantes", afirma a cantora.